Ceará testa capacete respiratório feito em parceria público-privada

4 de julho 2020 – Associação Nacional das Farmácias

Para evitar a intubação de pacientes foi desenvolvido no Ceará o capacete de respiração assistida, que utiliza um mecanismo de respiração artificial, possibilitando um tratamento menos invasivo. O capacete Elmo foi desenvolvido através de uma parceria pública e privada e os primeiros testes foram feitos em pacientes do Hospital Leonardo da Vinci, em Fortaleza.

Os testes seguem ao longo dos próximos dias em pelo menos 12 pacientes voluntários na última etapa do processo da Agência Nacional de Vigilância Sanitária para a produção em escala industrial. Já foram produzidos 10 protótipos do capacete.[Leia a íntegra]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: